Domingo, 26 de Junho de 2022
26°

Pancada de chuva

Uruará - PA

Política Homenagem

Deputado Eraldo Pimenta solicita e 65 anos da Ceplac é comemorado na Alepa

Sessão Solene ocorreu no início da tarde desta quinta, 07

08/04/2022 às 08h37 Atualizada em 08/04/2022 às 09h21
Por: Joabe Reis Fonte: ALEPA
Compartilhe:
Deputado Eraldo Pimenta solicita e 65 anos da Ceplac é comemorado na Alepa

Os 65 anos de criação da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) foi comemorado em uma Sessão Solene no plenário Newton Miranda do Palácio Cabanagem, sede da Assembleia Legislativa do Estado do Pará nesta quinta-feira (07.04), por solicitação do deputado Eraldo Pimenta (MDB). 

Na ocasião, foram entregues 23 certificados do Poder Legislativo do Pará de reconhecimento institucional aos servidores, ex-funcionários e outras pessoas associadas ao trabalho desenvolvido pela Ceplac por relevantes serviços técnico-científicos prestados ao desenvolvimento da cadeia produtiva do cacau, com destaque à expansão e fortalecimento da cacauicultura em Sistemas Agroflorestais do Bioma Amazônia e nas regiões produtoras do Estado do Pará.

"São 65 anos de ininterrupta e profícua atuação em terras brasileiras, sendo 51 anos em solo paraense", destacou Eraldo Pimenta. 

Para o deputado, o cacaueiro sempre esteve compondo a cobertura vegetal natural da Amazônia, e, por analogia, na área territorial e bioma do Estado do Pará, embora com manejo inadequado, resultando em safras incipientes e beneficiamento pífio, de baixa representatividade à economia paraense. Em seu pronunciamento, ele dividiu a produção do cacau no país em dois momentos históricos 'díspares e complementares na atividade camponesa'.

"O período anterior ao advento da CEPLAC, explorada de forma rudimentar e empírico, e o período consequente à criação e operacionalização da empresa pública no cenário agrícola", afirmou Pimenta. Destacou o embasamento técnico, científico e tecnológico implementado pela instituição. "Refletiu significativamente no cultivo, produção e comercialização dos produtos principais e subsidiários da cadeia produtiva do cacau".

Para o superintendente regional (Pará e Amazonas) da CEPLAC, José Raul Guimarães, a homenagem foi importante e oportuna. "Muito justa em função do legado institucional deixado em função das contribuições para as regiões produtoras de cacau", ressaltou. Na avaliação de José Raul, a Ceplac, desde a sua criação, prestou um excelente serviço de assistência técnica e extensão rural e desenvolveu uma diversidade de projetos dentro de um programa de pesquisa e inovação tecnológica gerando conhecimento técnico científico para que o produtor pudesse desenvolver a cultura através do sistema agroflorestal.

Ainda de acordo com José Raul, desde 2016 o Pará transformou-se no maior produtor de cacau do Brasil. O desenvolvimento no Estado da produção cacaueira foi devido ao programa exitoso do ponto de vista de um desenvolvimento de uma cultura tropical perene. "A produção cacaueira paraense apresenta muitas vantagens comparativas que podem se tornar cada vez mais competitivas devido uma soma de fatores: clima, solo, prospecção, produção de material genético, distribuição de mudas de cacau, assistência técnica e o ambiente institucional", considerou.

O ambiente institucional que ele se referiu significa crédito rural concedido ao produtor de cacau, projetos nas áreas de defesa agropecuária, fomento, desenvolvimento agroflorestal desempenhado por diversas instituições. O superintendente considerou ainda a assistência técnica dada pela EMATER e outros segmentos e o próprio trabalho das secretarias municipais de agricultura. "Os indicadores socioeconômicos e agroambientais do Pará são expressivos graças ao trabalho de intercooperação iniciado desde o início da década de 70", ressaltou.

Entre os convidados que constituíram a mesa oficial dos trabalhos esteve presente o vereador do município de Uruará, Raimundo Silva, representante da Cooperativa Central de Produção Orgânica da Transamazônica e Xingu.

CEPLAC

A Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) é um órgão do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA, atua em seis estados do Brasil: Bahia, Espírito Santo, Pará, Amazonas, Rondônia e Mato Grosso.

Criada em 20 de fevereiro de 1957, época em que a economia cacaueira atravessava uma grave crise, teve sua atuação, nos seus primórdios, centrada basicamente no apoio à cacauicultura. Desde a sua criação, a Ceplac vem acumulando inúmeras conquistas, graças ao seu modelo de atuação integrada, onde num só órgão, desenvolvem-se atividades de pesquisa, extensão rural e ensino agrícola. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Belém - PA
Belém - PA
Sobre o município Belém é um município brasileiro e capital do estado do Pará, situado na região Norte do país. A cidade foi fundada em 12 de janeiro de 1616 pelos portugueses, desenvolvendo-se às margens da baía Guajará.
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias