Quinta, 19 de Maio de 2022
29°

Pancada de chuva

Uruará - PA

Polícia Esquema Piramidal

Organização criminosa que usa a fé para atrair vítimas em esquema de pirâmide é alvo do Ministério Público

Mandados de busca e apreensão foram cumpridos

05/05/2022 às 18h52
Por: Joabe Reis
Compartilhe:
Organização criminosa que usa a fé para atrair vítimas em esquema de pirâmide é alvo do Ministério Público

Operação 'Mercadores do Templo' do Ministério Público foi deflagrada nesta quinta-feira (5) e cumpriu mandados de busca e apreensão em Belém contra uma organização criminosa que usava a fé para atrair vítimas em um esquema de pirâmide financeira.

O objetivo da ação, deflagrada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), com participação do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), é desarticular um esquema criminoso desenvolvido em uma complexa composição piramidal para captação de recursos financeiros sob a promessa de lucros exorbitantes.

A investigação apontou que os membros da organização criminosa utilizavam a fé como principal meio de obter investidores para os supostos serviços financeiros que ofereciam.

De acordo com o MPPA, o chefe do grupo apresentava-se como 'homem de Deus', honesto e de confiança. "Com a oratória afiada e se utilizando de passagens bíblicas, jargões de cunho religioso e, até mesmo, músicas gospel, ele conseguia ludibriar as vítimas, convencendo-as a investirem as economias nas fraudes", de acordo com denúncia do MPPA.

Além disso, a apuração mostrou que as empresas do grupo investigado ofereciam serviços financeiros de altíssima e ilusória rentabilidade, sob a promessa de juros remuneratórios de 8,33% ao mês para pessoa física e de 10% ao mês para pessoa jurídica.

Contudo, a forma de atuação dos investigados se assemelha ao modo de agir de grandes organizações criminosas responsáveis por delitos altamente complexos, conhecidos como 'esquemas ponzi' ou pirâmides financeiras.

Segundo o MPPA, além de Belém, mandatos foram cumpridos nas cidades de Unaí, Belo Horizonte, Contagem e Guanhães, em Minas Gerais; e em Brasília, no Distrito Federal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias