Quinta, 19 de Maio de 2022
29°

Muitas nuvens

Uruará - PA

Polícia Trajédia

Homem mata o filho, tira a própria vida e deixa carta de despedida

Johan quis se vingar porque a guarda da criança estava com a mãe

09/05/2022 às 16h52 Atualizada em 09/05/2022 às 17h13
Por: Joabe Reis Fonte: R7.com
Compartilhe:
Homem mata o filho, tira a própria vida e deixa carta de despedida

Uma tragédia lamentável impactou a cidade de São Paulo. Uma criança de nome, Johan Nijon Pelepenko, de 8 anos, acabou asassinado pelo próprio pai, Johatan João, no último domingo (8), na capital paulista. Depois do crime, o homem tirou a própria vida.

Há cerca de um ano, Johatan foi morar em Santa Catarina, após o término de seu casamento com a mãe de Johan. Entretanto, após uma ordem judicial que determinou que a guarda do menino ficaria com a sua ex-mulher, o criminoso retornou a São Paulo e pediu para passar o sábado (7) com o filho.

Após muita insistência por parte do homem, a mãe de Johan decidiu deixar que o filho encontrasse o pai. Entretanto, Johatan pegou o menino e começou a enviar mensagens à sua ex-esposa ameaçando matá-lo caso não pudesse compartilhar a guarda da criança.

A mãe de Johan descobriu que o seu ex-marido estava escondido com a criança em um hotel localizado na zona norte de São Paulo. Ela começou a ligar para a recepção pedindo para que entrassem no quarto em que os dois estavam. Entretanto, os funcionários disseram que estava tudo aparentava estar dentro do comum e, portanto, não poderia intervir.

Desesperada, a mulher foi até o local e chamou a polícia. Os oficiais arrombaram a porta do quarto e, quando entraram, encontraram pai e filho baleados. Segundo a PM, o homem atirou contra o próprio filho e, em seguida, contra si. 

Em carta de despedida encontrada próxima aos corpos, Johatan confirmou que a guarda da criança era a principal motivação do crime. "O sonho de seu pai morre com a mãe... Eu quero viver com meus filhos", escreveu.

O caso foi registrado na delegacia de Polícia Civil, na zona norte da capital paulista, e será investigado pelo 39º Distrito Policial.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias