Terça, 15 de Junho de 2021 20:22
93991395136
Esportes Olimpíadas

A 4 meses das Olimpíadas, Brasil vive a expectativa de medalhas inéditas em quatro modalidades

A preparação segue em ritimo forte

03/04/2021 08h21
62
Por: Joabe Reis Fonte: Globo Esporte
A 4 meses das Olimpíadas, Brasil vive a expectativa de medalhas inéditas em quatro modalidades

A quatro meses do início dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o Brasil vive a expectativa de ir ao pódio em quatro modalidades nas quais jamais obteve uma medalha. No ciclismo mountain bike, Henrique Avancini é o atual número 1 do mundo. Já no tênis de mesa, Hugo Calderano é o atual sexto colocado no ranking. Na esgrima, Nathalie Moellhausen ostenta o status de campeã mundial de 2019. Por fim, no levantamento de peso, Fernando Reis disputará a Olimpíada após ter levado o bronze no Mundial de 2018.- Estar na liderança do ranking mundial é impactante. Assusta, cara. Você estar no topo da pirâmide de qualquer modalidade que seja olímpica e que seja tão disputada quanto o mountain bike é chocante, é uma conquista de vida e não só profissional - disse Henrique Avancini, campeão mundial em 2018, na Suíça.

A campeã do mundo na espada Nathalie Moellhausen vive expectativa parecida. Aos 35 anos, ela se prepara para brigar por uma medalha em Tóquio em sua segunda participação em Jogos Olímpicos.- Estou mais motivada agora do que antes. A Nathalie de 2021 é uma Nathalie que recomeça de zero, esqueceu o Mundial e já está se sentindo como uma criança, muito excitada com essa coisa dos Jogos Olímpicos não terem mais ponto de referência. De chegar na competição e não contar mais que ganhei o Mundial. Vamos chegar todas no mesmo nível, e acho isso muito intrigante, muito interessante, isso me dá muita motivação - comentou a esgrimista.

Assim como Nathalie, Hugo Calderano, sexto no ranking mundial, também vai pra segunda Olimpíada da carreira. Aos 24 anos, o carioca de 1,83m já é considerado um dos maiores mesa-tenistas do mundo.- Há uns 10 jogadores ali que têm condições de uma medalha ou, inclusive, de tirar algum outro que estaria brigando por medalha. Então, realmente, o tênis de mesa nesse ultimo ciclo olímpico cresceu bastante de nível, a concorrência aumentou ainda mais - explicou.

Fernando Reis, por sua vez, vive a expectativa de uma medalha após ter sido quinto nos Jogos Olímpicos do Rio.- Estou no meu melhor momento tanto fisicamente como psicologicamente, é minha terceira Olimpíada, tem que ser. A gente vai colocar no dia e vamos para cima - destacou o paulista.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio acontecem de 23 de julho a 8 de agosto deste ano. O Brasil já tem 180 classificados para a competição.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias