Sábado, 24 de Julho de 2021 18:16
93991395136
Região Xingu Arrecadação R$

Uruará: Procedimentos administrativos do MP irão acompanhar arrecadação tributária

Placas e Brasil Novo também estão incluídos nos procedimentos

17/06/2021 09h26 Atualizada há 1 mês
251
Por: Joabe Reis Fonte: MPPA
Uruará: Procedimentos administrativos do MP irão acompanhar arrecadação tributária

A Promotoria de Justiça (PJ) de Uruará, através do promotor de Justiça Dirk Costa de Mattos Júnior, instaurou Procedimentos Administrativos para acompanhar as Secretarias de Finanças de Uruará, Placas e Brasil Novo a fim de induzir e acompanhar a estruturação, aperfeiçoamento e expansão da arrecadação tributária nos respectivos municípios. Segundo a PJ, os procedimentos são medidas importantes para a obtenção de mais recursos financeiros necessários à melhoria dos serviços públicos destinados à população.

Ainda segundo a promotoria, de modo prático os procedimentos administrativos irão, além de acompanhar, fiscalizar de forma continuada as políticas públicas de tributação e arrecadação tributária dos respectivos municípios, por meio das Secretarias Municipais de Finanças, as quais são imprescindíveis para o aumento da receita dos tributos locais. Estes recursos arrecadados poderão ser utilizados para fomentar o desenvolvimento sócio econômico dos municípios.

Na justificativa a Promotoria de Justiça citou que a baixa arrecadação tributária nos municípios da região do Xingu é um problema antigo, causado por uma série de problemas estruturais, pouco pessoal para tratar desses serviços de autuação, tributação, lançamento, constituição de créditos tributários, entre outros. De maneira que há poucos recursos para custear os serviços públicos que são essenciais para a população.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias