Sexta, 15 de Outubro de 2021
29°

Pancada de chuva

Uruará - PA

Região Xingu Consumo de Peixe

Uruará: Piscicultores farão Festival do Peixe Gratuíto

Festival irá promover o consumo seguro do peixe de cativeiro

29/09/2021 às 11h43 Atualizada em 30/09/2021 às 09h27
Por: Joabe Reis Fonte: Gazeta Real com contribuição de Paulo Nobre
Compartilhe:
Uruará: Piscicultores farão Festival do Peixe Gratuíto

Após verem a redução na venda de peixes em cerca de 80%, por causa do surgimento da Doença de Haff, a doença da urina preta, no estado do Pará, os piscicultores do município de Uruará (PA) se reuniram para debater o problema. São cerca de 50 produtores de peixes que decidiram promover o Festival do Peixe Gratuito com o objetivo mostrar a população de que o município está fora da zona de perigo, sendo que os criadores trabalham com a venda apenas de peixes produzidos em cativeiro, podendo ser consumido normalmente, sem risco para a saúde.

Segundo os piscicultores, o impacto na venda de alevinos foi de cerca de queda de 70% e cerca de 80% de redução nas vendas em peixarias da cidade. Ainda segundo os produtores, Uruará produz cerca de 700 toneladas de peixes anualmente. A redução nas vendas complicou o setor devido ao alto custo de produção, principalmente com os preços elevados da ração.

“Essa é uma boa oportunidade para nós, os piscicultores nos reunirmos e começarmos a valorizar mais o nosso pescado que é 100% de criatório aqui no município. E é uma alternativa de renda que vem crescendo bastante. Uruará já exporta peixes para outros municípios do estado, como Santarém, Itaituba, Brasil Novo, altamira, Medicilândia”, disse o produtor Darcísio Quanz.Nesta quarta-feira, 29, os piscicultores se reuniram na Câmara de Vereadores do município para discutir sobre as diretrizes do festival que está previsto para acontecer no dia 10 de outubro de 2021, quando serão distribuídas 1 mil bandas de peixes assados para a população consumir em casa.

Nesta quarta-feira, 29, a Vigilância Sanitária Municipal divulgou uma Nota de Esclarecimento reforçando a segurança do consumo do pescado em Uruará. Segundo a nota, está proibido no município a comercialização de pescado vindo dos municípios de Manaus, Trairão e Santarém. “A Vigilância Sanitária esclarece a população uruaraense que até o momento não existe caso confirmado ou sequer suspeita da ocorrência de doença de haff no município, assim como nos municípios circunvizinhos. Quanto ao consumo e comercialização do pescado, permanece autorizado o comércio com municípios da região e com influência direta do Rio Xingu, Iriri e principalmente os piscicultores oriundos do nosso município, visto que a vigilância sanitária tem conhecimento da procedência de cada piscicultor. Permanece proibido a comercialização de pescados de: Manaus, Trairão e Santarém”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias