Sexta, 03 de Dezembro de 2021
28°

Pancada de chuva

Uruará - PA

Região Xingu Polícia

Uruará: Filmado arrastando cachorro com carro homem vai parar na delegacia

Autor alegou que o cão já estava morto

08/11/2021 às 11h35 Atualizada em 08/11/2021 às 14h13
Por: Joabe Reis Fonte: Gazeta Real
Compartilhe:
Uruará: Filmado arrastando cachorro com carro homem vai parar na delegacia

Um homem foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil em Uruará (PA) neste domingo, 07, após ter sido filmado arrastando um cão por uma corda amarrada ao veículo que o mesmo dirigia. O vídeo circulou nas redes sociais da internet e chegou ao conhecimento da polícia.

O vídeo mostra um cachorro sendo arrastado por um carro no Bairro Nova Uruará. Ao ser informada do fato a equipe de plantão da Delegacia de Polícia (Depol) iniciou uma investigação preliminar com o intuito de identificar o suposto autor, o veículo usado no crime e apurar as circunstâncias do fato.

Segundo a Polícia Civil, após diligências pela cidade a equipe de plantão localizou o veículo no centro da cidade, por volta das 22:00 horas. Um homem se identificou como proprietário do veículo e ao ser indagado sobre o fato ocorrido, o mesmo relatou a autoria e disse que quando chegou em casa por volta das 18:00h constatou que seu cachorro estava morto e com forte odor. Para não jogar o cão nos arredores da casa o relator decidiu por amarrar o animal na traseira do carro e arrasta-lo por aproximadamente 3 km até a um terreno baldio. Fato este que acabou sendo filmado por terceiros e divulgado nas mídias sociais. O relator foi conduzido à delegacia para os procedimentos cabíveis. Ele foi ouvido e posteriormente liberado.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o caso não se caracterizou como crime de maus tratos a animais, já que o cão já estava morto ao ser arrastado. Mas o fato será informado ao Ministério Público.

Espera-se que atos como este não se repita.

Maus tratos contra cães e gatos

A Lei 14.064/2020 aumentou a pena para quem maltratar cães e gatos. A partir de agora, quem cometer esse crime será punido com 2 a 5 anos de reclusão, multa e proibição da guarda. Caso o crime resulte na morte do animal, a pena pode ser aumentada em até 1/3. 

A referida legislação alterou a Lei 9.605/98, que dispõe sobre os crimes contra o meio-ambiente, fauna e flora e prevê pena de detenção de 3 meses a 1 ano e multa, no caso de crime de maus-tratos contra animais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias