Quinta, 27 de Janeiro de 2022
26°

Pancada de chuva

Uruará - PA

Região Xingu Solidariedade

Uruará: Desempregada, grávida de 7 meses pede ajuda para exames e enxoval do bebê; saiba como ajudar

Ainda tem um filho de 1 anos e 7 meses para cuidar

05/01/2022 às 18h13 Atualizada em 07/01/2022 às 08h50
Por: Joabe Reis Fonte: Gazeta Real
Compartilhe:
Uruará: Desempregada, grávida de 7 meses pede ajuda para exames e enxoval do bebê; saiba como ajudar

A uruaraense, Auricelia Ferreira Maia, 30 anos, está grávida de 7 meses, desempregada e sem condições financeiras para comprar a roupa do bebê, como fraldas, e também não tem condições para fazer os exames médicos da gravidez. Ela procurou a nossa reportagem e contou sua situação de desamparo e pediu ajuda.

Auricelia já tem um filho de 1 ano e 7 meses.  Ela se separou do pai das crianças que segunda Auricelia, o mesmo seria usuário de droga e usuário de bebida alcoólica, que a maltratava constantemente e não a ajuda em nada. Atualmente Auricelia está residindo na casa de um familiar na Vila Bonita (cidade de Uruará) e precisa muito de ajuda. Confira o que ela nos conta.

Meu nome é Auricelia Ferreira Maia, tenho 30 anos. Eu estou grávida de 7 meses e estou desamparada, sem condições financeiras e não tenho nem como fazer os exames da minha gravidez para ver como está meu bebê. Também não tenho condições de comprar sequer as roupas para o bebê, nem fralda. Eu já tenho um menino de um 1 ano e 7 meses e estou vivendo um momento muito difícil em minha vida. Preciso muito de ajuda. Por isso estou aqui pedindo. O do meu filho nunca me deu nada, só me humilhava e queria me bater. Ele só pensa em beber e usar drogas e é por isso que eu não quis mais ele. Peço encarecidamente a ajudar de todos vocês, pois já não sei maus o que fazer. Eu não posso trabalhar, sendo que estou grávida e tenho o menino 1 e 7 meses para cuidar.  Atualmente estou morando no Bairro Vila Bonita, Travessa Rei das Neves, se você puder me ajudar eu serei eternamente grata. Preciso de roupas para o meu bebê e preciso fazer os exames da minha gravidez, e eu não tenho condições. A minha família também é muito fraca de condições e não podem me ajudar, já estou morando na casa dos meus pais, é tudo que eles podem fazer por mim. Pelo amor de Deus me ajudem, por favor”, suplica Auricelia.

Se você puder ajudar fale com ela agora mesmo pelo whatsapp 93 991698531. Ajude essa mãe nesse momento tão difícil!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias